quarta-feira, 11 de abril de 2018

PSICOPATIA

7 sinais de que uma criança poderá ser psicopata no futuro

1

Sinais mostrando que uma criança pode vir a ser um psicopata no futuro podem ser notados logo quando uma pessoa tem 3 anos de idade. As ações dos pais, por vezes, levam as crianças a demonstrar esses sinais. O problema é que os pais geralmente não acham que os sinais são significativos.
Encontrámos algumas características-chave de crianças com tendências psicopáticas. Muitos “serial killers” (assassinos em série) apresentavam estas características na infância e, infelizmente, ninguém notou isso a tempo.

© BBC Films


Vamos começar com a tríade Macdonald. Estes são 3 sinais de comportamento infantil que indicam (com uma probabilidade muito elevada) que tais crianças estão inclinadas a cometer crimes muito violentos no futuro. A tríade foi criada por JM Macdonald, um psiquiatra americano que analisou o comportamento de cerca de 100 criminosos.
1. Crueldade animal
A crueldade animal é um dos sinais mais evidentes de um distúrbio psicopático numa criança. Se você explicar a uma criança que não está certo puxar o rabo do gato ou puxar a coleira do cachorro e a criança entender e não repetir essas ações no futuro, então você não terá com o que se preocupar. Mas quando as crianças abusam violentamente de animais ou até mesmo os matam, é hora de intervir e agir. Esta é uma maneira de os futuros serial killers expressarem a sua raiva usando animais absolutamente indefesos. O mais importante é que eles geralmente matam as suas vítimas da mesma forma ou de formas semelhantes. A conexão entre abuso de animais e psicopatia é tão óbvia que o FBI nos Estados Unidos até começou a registrar os casos de abuso de animais nos seus relatórios criminais anuais.
Veja a foto abaixo. Trata-se de Jeffrey Dahmer, um serial killer americano que foi condenado a 15 perpétuas. Observe a maneira como ele está segurando o gatinho.

© wikipedia

2. Uma paixão evidente pelo fogo
Piromania, ou uma paixão evidente pelo fogo, é o segundo sinal. Esta é outra maneira de expressar raiva e desafio perante os demais.
3. Enurese (Incontinência urinária)
Naturalmente, não há garantia de 100% de que uma criança com 6 anos de idade ou mais e que faça xixi na cama seja um futuro maníaco. No entanto, esse distúrbio geralmente provoca atos relacionados com piromania e fogo posto, abuso de animais e muitas outras coisas, porque essa condição é humilhante para qualquer criança. Como resultado, eles ficam zangados e ofendidos. Se os pais não reagirem bem à circunstância de o filho ter esses acidentes ou se os amigos da criança zombarem/fizerem troça deles, isso pode fazê-los errar no futuro.
Por exemplo, Andrei Chikatilo sofria de enurese e ele foi um mais terríveis maníacos da União Soviética. Sua mãe oespancava-o sempre que fazia xixi na cama. Muito mais tarde, ele começou a gostar e a tirar prazer de ver outras crianças sofrer o que o levou a fazer coisas terríveis.

Autor desconhecido

Os psicólogos mencionam muitos outros sinais além da tríade Macdonald. Vale a pena prestar atenção a esses sinais porque, às vezes, há uma linha muito ténue entre o que é normal e o que é um comportamento anormal.
4. Violações de regras
Existe alguém que nunca tenha quebrado nada em casa quando era criança, ou que nunca se tenha atrasado? Toda a criança já esteve em posição na qual entende que das duas uma, ou mente ou diz a verdade. Mas crianças com traços psicopáticos entendem a violação das regras de forma muito diferente: elas obtêm alegria e adrenalina com isso.
O mesmo vale para a adrenalina que as pessoas experimentam quando roubam alguma coisa. JK Rowling descreveu muito bem essa situação em Harry Potter, nos capítulos sobre a infância de Voldemort. Se você bem se lembra, o professor Dumbledore encontrou brinquedos roubados em sua gaveta. Os brinquedos pertenciam a outras crianças. O Lorde das Trevas realmente não precisava deles – ele apenas gostava de ver alguém perder algo importante.

© Warner Bros.

5. Mentir sem sentir remorsos
Se uma criança mentir porque tem medo de ser punida, você pode entender o motivo de esta não dizer a verdade. No entanto, se uma criança mentir apenas por mentir, sem remorsos e com uma expressão facial muito confiante – este é um  motivo para se preocupar. Talvez haja algo errado. Talvez, a criança apenas goste e sinta prazer com o processo de mentir.
Outra coisa importante: quando uma criança que tem traços psicopáticos é apanhada em flagrante, ela começa a ficar com raiva ou até histérica e isso é uma forma de manipulação. Mas não porque é culpa dela, mas sim porque a mentira foi descoberta.
Claro, talvez essa criança não seja um psicopata, mas de qualquer das maneiras, é uma razão para fazer uma visita a um psicólogo.
6. Bullying
Obviamente, nem todo o valentão é um maníaco futuro. Muitos indivíduos podem tornar-se “valentões” por muitas razões: pela necessidade de atenção, poder, por quererem ser mais parecidos a seus pais violentos, seus ídolos e assim por diante. No entanto, há uma razão que pode ajudá-lo a descobrir um agressor com traços psicopáticos: novamente, eles podem humilhar outras pessoas simplesmente porque gostam disso, sentem prazer com isso.

© dailymail

7. Insensibilidade
Crianças com características psicopáticas não demonstram medo tão facilmente quanto os seus pares, e não sentem o stresse no mesmo nível. Eles não têm ideia do que é a compaixão.
E aqui está uma explicação:
De acordo com Heather Irvin, psicóloga da clínica READ, o primeiro ano de vida de uma criança é o mais essencial para determinar o futuro da sua saúde psicológica.
“Os psicopatas não aparecem do nada. Basta prestar atenção aos seus primeiros anos, no que aconteceu com essas crianças quando elas nasceram. Por exemplo, se chorassem pelos primeiros 6 meses e ninguém se importasse com elas, ninguém as alimentava quando estavam com fome, ninguém as ajudava, o cérebro delas memorizava isso e percebia que os sentimentos não importavam. Outras estruturas cerebrais começam a formar-se com base nesse conceito ”. Salientou Heather Irvin, psicóloga.
Além disso, há uma outra circunstância curiosa: se uma criança cresceu num bom ambiente, mas depois dos 5 anos houve alguma violência nas suas vidas, as chances de que se tornem psicopatas são muito menores, já que a sua consciência teve o tempo suficiente para se formar.
Em suma, significa que os pais têm uma imensa responsabilidade não apenas pela saúde da criança, mas também pela maneira como a criança vê o mundo. E se essa criança tiver algum desvio, é sempre melhor consultar um especialista ao invés de tentar resolver o problema sem a ajuda de profissionais.

Nenhum comentário: